Com apoio da base aliada, Edson Magalhães cumpre promessa e vai pagar abono aos servidores

Em meados de dezembro, o prefeito Edson Magalhães prometeu: se os vereadores votassem o REFIS, pagaria um abono de R$ 500 aos servidores municipais. Com o apoio da base aliada da Câmara formada pelos vereadores: Wendel, Dito, Kamila, Rosângela, Sandro Bigossi e Zé Preto,  o projeto foi aprovado. Atendendo ao pedido da base, Edson inclui para receber o abono, os funcionários pensionistas e aposentados.

Após protocolarem no Gabinete do Prefeito pedido para inserir aposentados e pensionistas, a base governista foi recebida pela prefeito Edson Magalhães com a solicitação. Segundo os vereadores que compõe a base do prefeito, o grupo dos 11 vereadores que compõem a atual oposição ao prefeito de Guarapari, os impediram de assinar o documento feito pela mesa diretora no mesmo dia da votação do REFIS na última segunda-feira.

Os parlamentares que compõe a base do prefeito salientam que o abono foi uma promessa do prefeito Edson Magalhães aos servidores e a ideia inicial já era de conceder abono de maneira ampla (servidores que estão atuando, aposentados e pensionistas). O prefeito Edson Magalhães em recente entrevista agradeceu aos vereadores da base que estão dando sustentação a sua gestão e colaborando com o avanço do município.

“Desde quando a administração municipal conversou conosco do abono, deixou claro que seria para todos. Mesmo assim, é importante o parlamento atuar e solicitar o anseio popular, mas lamento a atitude da oposição que não nos possibilitou assinar junto e tivemos que elaborar um ofício paralelo ao prefeito”, afirmou o vereador Wendel Lima.

Já o líder do prefeito Dito Xaréu esclareceu que o pedido do abono também aos servidores aposentados já havia sido feito ao prefeito pela base aliada em reunião com o mesmo. Porém o grupo opositor dos 11, prefere fazer ofícios, documentos e reuniões sem convidar os demais colegas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.