Vereadores de Guarapari podem abrir CPI para investigar hospital conveniado com governo Casagrande

Criado em 2014, o hospital e maternidade Francisco de Assis, localizado na Praia do Morro pode ser alvo de investigação por parte dos vereadores. A solicitação foi pedida pelo Movimento Humanitário Saúde e Solidariedade, que pretende esclarecer as mortes de bebês.

O HFA é gerenciado pelo hospital Francisco de Assis, tradicional hospital de Cachoeiro do Itapemirim recebendo repasses do Governo do Estado e da prefeitura de Guarapari.

A verba enviada pelo município é destinada aos atendimentos de urgência e emergência, já o valor enviado pelo governo Casagrande é aplicado na maternidade, ou seja, no nascimento das crianças. Como a denuncia é relacionada a mortes de bebês recém nascidos, o principal alvo deve ser a secretaria estadual de saúde e o governo Casagrande.

Dados apresentados recentemente mostram que a taxa de mortalidade está dentro da margem estabelecida pelos órgãos nacionais de saúde. Em discurso, o prefeito Edson Magalhães lamentou que pessoas usem a dor de uma mãe para fazer política.

Nossa equipe entrou em contato com o Governo do Estado para obter um posicionamento da secretaria de saúde, estamos aguardando o retorno.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *