Mulher que mantinha marido em cárcere privado e o espancava todos os dias é presa

Mulher que mantinha marido em cárcere privado e o espancava todos os dias é presa

Após cinco dias de cárcere privado, um homem que não terá o nome divulgado para evitar constrangimentos conseguiu fugir da companheira e procurar a polícia. O caso aconteceu no setor Construindo Sonhos, em Araguaína/TO, mas só no sábado, 28, que foi divulgado pela polícia. Ele estava muito machucado.

Segundo o registro policial, o homem apresentava várias lesões nas costas causadas pelas unhas da mulher, que não teve o nome divulgado pela polícia. Na delegacia o homem, que estava chorando sem parar, reclamou ao delegado que não aguentava mais o castigo, pois a mulher o espancava todos os dias.

Segundo ele eram muitas as humilhações e agressões da companheira, que todo dia lhe batia, acreditando que ele tivesse caso com outras mulheres. Ele relatou, ainda, que a mulher agressora rasgou seu uniforme de trabalho, além de prometer cortar sua garganta durante a noite, quando ele estivesse dormindo.

Ele conseguiu fugir após um descuido da mulher, pulou o muro e ligou para a polícia pedindo socorro. Os policiais conduziram o casal e quatro crianças à Delegacia de Polícia, onde ao chegar a mulher demonstrou sua ferocidade agredindo com um murro no rosto um câmera de TV que fazia cobertura no local.

Três das quatro crianças conduzidas à delegacia são filhas do casal e o outro estava na casa no momento dos fatos. Quando os policiais chegaram à residência usada como cárcere privado, a mulher estava com uma criança no colo e uma toalha na cabeça. Ela já havia agredido o marido com uma faca antes.

Es em Foco