Dupla de homossexuais é morta a tiros em emboscada e polícia diz que foi latrocínio

Dupla de homossexuais é morta a tiros em emboscada e polícia diz que foi latrocínio

Um duplo latrocínio (morte seguida de roubo) foi registrado em Xonim de Cima, na Zona Rural de Governador Valadares, no Leste de Minas Gerais, vitimando a dupla homossexual Adair José Felipe, 45 anos e Lucas Roberto da Silva Oliveira, 20 anos, que tinha saído de São José da Safira para a cidade valadarense.

O crime aconteceu na noite de segunda-feira, 16, e segundo a polícia as vítimas foram mortas a tiros em uma estrada erma nas proximidades do distrito. Um jovem de 20 anos que estava com as vítimas foi ferido no braço e conseguiu fugir do local. O duplo latrocínio está sendo investigado pela 5ª Delegacia Regional.

O rapaz que conseguiu se salvar dos bandidos contou à polícia que Adair dirigia o automóvel e parou na estrada de terra para fazer contato com dois indivíduos desconhecidos e minutos depois ouviu vários disparos de arma de fogo e correu. Foi quando um dos bandidos disparou contra ele atingindo-o em um dos braços.

Ele não soube explicar aos policiais sobre o que as vítimas tratavam com os criminosos quando foram mortas e tiveram seus pertences roubados. Lucas foi morto com um tiro na nuca e Adair com vários tiros e facadas. Os dois jovens mantinham um relacionamento homoafetivo e o caso segue sendo investigado.

Buscas foram realizadas na região mas nenhum dos criminosos foi localizado e preso. Apesar de inicialmente o crime estar sendo tratado como duplo latrocínio, porque os bandidos levaram o celular de uma das vítimas, a polícia trabalha também com a possibilidade de o crime ter ligação com o tráfico de drogas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *