Empresária devolve R$ 48 mil após receber Pix por engano

Empresária devolve R$ 48 mil após receber Pix por engano

Responsável por fazer o Pix foi encontrado por meio das redes sociais. Empresária se disse surpresa ao ver os valores na conta

Uma empresária de Nerópolis, na região metropolitana da capital goiana, teve uma grande surpresa nesta semana ao receber, por engano, um Pix de quase R$ 50 mil. Isabela Bosco, de 28 anos, conta que teve a conta bloqueada pelo alto valor da transferência e devolveu o dinheiro ao dono na última terça-feira (16/1).

Segundo ela, ao ver a conta bloqueada, precisou agir rápido para devolver a quantia. “Eu estava no trabalho e esse Pix chegou pra mim inesperadamente. Quando eu vi o valor, me assustei e tirei um print da tela para não perder as informações, já com medo de bloquearem. Cheguei em casa, tentei fazer a devolutiva do valor exorbitante, mas automaticamente bloquearam a minha conta”, contou Isabela ao g1.

Processo de devolução

Após o bloqueio, Isabela conta que entrou em contato com os canais de atendimento do banco em que a quantia foi recebida. No entanto, segundo ela, foi necessário ir até uma agência física para conseguir solucionar a questão.

Ainda com a conta bloqueada, Isabela também teve dificuldade para encontrar o responsável pela transferência. De acordo com a empresária, o Pix foi feito por uma chave CNPJ, em que não constava o nome de uma pessoa física, apenas uma razão social, o que dificultou a procura.

“Com o nome da razão social, eu comecei a saga de procurar na internet. Procurei no Google e no Instagram até conseguir encontrar o dono. Consegui entrar em contato informando o que tinha acontecido. No outro dia de manhã, quando eu estava sentada no banco na frente do rapaz que ia resolver a minha situação, o dono da conta me ligou e ele estava desesperado”, informou Isabela.

Situação resolvida

Ainda segundo Isabela, a conta do remetente também foi bloqueada, após várias tentativas de recuperar o valor transferido de forma errada. Após a troca de contato, o remetente, junto com o gerente do banco de Isabela, conseguiu receber o valor por meio de uma transferência eletrônica (TED).

Após a situação ter sido resolvida, Isabela contou que recebeu um áudio agradecendo pela devolução do valor.

“Eu recebi um áudio dele me agradecendo pela devolução depois do transtorno, ele estava desesperado. Hoje em dia as pessoas tem que parabenizar os outros por fazer o mínimo do que é correto”, disse a empresária.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *