Jogador com sinais de embriaguez bate em carros e é liberado da delegacia

O jogador de futebol americano de 21 anos que causou um acidente envolvendo nove veículos no início da manhã deste domingo (21) na praia de Camburi, em Vitória, pagou fiança de R$ 5 mil e responderá pelo crime em liberdade. Ele foi autuado por embriaguez ao volante e por dirigir sem possuir Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

De acordo com o motorista de aplicativo, que dirigia o Polo e foi o primeiro a ser atingido pelo Yaris, o jogador de futebol tentou fugir do local e teve que ser contido até a chegada da polícia. Ele apresentou uma habilitação americana, que não é válida no Brasil, e se recusou a fazer o teste do bafômetro, mas polícia afirmou que ele tinha sinais de embriaguez.

O advogado do jovem, João Luiz Guerra Júnior, explicou que ele chegou no Brasil em maio e estava voltando de uma festa com um amigo quando o acidente aconteceu.

“Ele está muito assustado e não contou muita coisa, apenas que estava trafegando pela Dante Micheline quando o acidente aconteceu. Não fez o teste do bafômetro porque tem o direito constitucional de não produzir prova contra ele mesmo e vai responder em liberdade”, disse o advogado. 

João Luiz Guerra Júnior explicou que a carteira de habilitação do seu cliente é válida no Estados Unidos e também no Brasil, pelo prazo de 180 dias. “A resolução no Contran diz que ele poderia dirigir no Brasil com essa habilitação por 180 dias, mas o delegado entendeu diferente e fez a autuação. Nós respeitamos, então tudo será discutido em juízo”, frisou. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.