Delegado de Piúma investigado pela Polícia é transferido para Linhares

A Polícia Civil do Espírito Santo transferiu o delegado o David Santana Gomes da Delegacia de Piúma, no Sul do ES, para o plantão da Delegacia Regional de Linhares, no Norte do estado.

A mudança, assinada pelo delegado-geral da Polícia Civil, José Darcy Arruda, foi publicada nesta segunda-feira (22) no Diário Oficial.

Transferência foi publicada no Diário Oficial desta segunda-feira (22)  — Foto: Reprodução/Diário Oficial do Governo do ES

Transferência foi publicada no Diário Oficial desta segunda-feira (22) — Foto: Reprodução/Diário Oficial do Governo do ES

A transferência acontece menos de um mês após o delegado e dois policiais militares que estavam de licença médica terem sido levados à Delegacia Regional de Vila Velha para prestar esclarecimentos sobre o fato de terem sido encontrados por policiais militares dentro de uma casa no bairro Morada do Sol, onde também foi localizada uma sacola de drogas.

O delegado justificou sua presença no local afirmando que estava realizando a investigação de um caso e que prenderia um traficante. A investigação, no entanto, não havia sido comunicada aos superiores e à Delegacia Regional de Vila Velha.

Segundo a Secretaria de Estado da Segurança Pública (Sesp), o fato é apurado pelas corregedorias das polícias Civil e Militar.

G1 procurou a Sesp para saber se a transferência do delegado está relacionada ao fato ocorrido no mês anterior.

Em nota, a Polícia Civil informou apenas que as transferências de servidores se dão por questões de âmbito administrativo.

O delegado David Santana Gomes também foi procurado pela reportagem e ainda não se manifestou.

Segunda transferência

Esta não é a primeira vez que o delegado é transferido de seu posto de trabalho, Em 2015, o delegado atuava no município de Guarapari, na Grande Vitória, mas foi afastado após dar ordem de prisão a dois seguranças que não permitiram a entrada dele armado em um camarote.

David ainda voltou ao show e disse que estava a trabalho. Mas o corregedor disse na época que o chefe do delegado informou que não tinha conhecimento de nenhum trabalho de investigação no local do show. Após o episódio, o delegado foi para o Sul do ES.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *