Prefeitura de Guarapari aciona Ministério Público para o caso dos mendigos

Prefeitura de Guarapari aciona Ministério Público para o caso dos mendigos

A Prefeitura de Guarapari, através da Secretaria Municipal de Trabalho, Assistência e Cidadania (Setac), informa que está tomando todas as providências possíveis, quanto ao caso dos moradores em situação de rua, deixados por um carro da Prefeitura de Piúma, em Muquiçaba, no final da tarde dessa quinta-feira (10). O município de Guarapari já apresentou a denúncia junto ao Ministério Público e aos demais órgãos fiscalizadores, para adoção das medidas cabíveis.

Vale ressaltar que a Gestão Municipal foi surpreendida com as fotos e áudios que circularam nas redes sociais e que essa atitude, realizada por parte do poder público de Piúma, fere as políticas públicas voltadas para a população de rua, especialmente aquelas referentes a recambiamento, que significa o retorno a cidade de origem.

Tratam-se de pessoas, que não podem ser descartadas como um simples objeto e se a cidade de Guarapari fosse a cidade de origem delas (o que já se sabe que não é), a Prefeitura Municipal de Piúma, através de sua Secretaria de Assistência Social, deveria ter realizado contato prévio com o Centro Pop de Guarapari, o que não foi feito.

Além disso, os moradores em situação de rua envolvidos no caso já estão recebendo o atendimento assistencial no Centro Pop e o trabalho de recambiamento será realizado seguindo todos os trâmites legais.

Em diálogo, os quatro rapazes informaram que além do carro que eles estavam, vieram mais dois carros trazendo outros moradores em situação de rua, o que torna a situação ainda mais complicada. O município de Guarapari lamenta o ocorrido e repudia qualquer tipo de atitude como esta.

Es em Foco