Governo do ES anuncia reforço policial para comércio e praias durante o verão

A Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp) anunciou, nesta terça-feira (15), que irá reforçar o policiamento tanto no comércio quanto nas praias do Espírito Santo durante todo o verão.

O reforço começa já a partir desta terça-feira (15) com o início da Operação Natal, que durará até o dia 24 de dezembro.

Um efetivo de 900 policiais militares e 340 viaturas estão escalados para reforçar diariamente a segurança nos principais pontos comerciais do estado, a fim de garantir a segurança de lojistas e de clientes durante as compras de fim de ano.

Já a partir do dia 26 de dezembro, conforme explica o comandante-geral da Polícia Militar, coronel Douglas Caus, tem início a Operação Verão.

Com foco na cobertura de todo o litoral capixaba, a ação contará com a presença diária de 735 policiais nos balneários até o dia 21 de fevereiro.

As ações incluem a realização de cercos táticos, operações de abordagens e blitze de trânsito, além de atendimentos emergenciais.

Já o Corpo de Bombeiros disponibilizará 30 militares e mais de 700 guarda-vidas para garantir a segurança dos banhistas em 14 municípios.

Fiscalização da Covid-19

Apesar do reforço do policiamento, especialmente nos balneários, o secretário estadual de Segurança Pública, coronel Alexandre Ramalho, reforça que o turismo não está sendo incentivado.

“Nós não estamos chamando nenhum turista para o Espírito Santo, não estamos propagando turismo nesse momento, mas existe um planejamento para dar segurança a quem frequenta cidades litorâneas”, esclareceu.

Justamente em função da necessidade de controle dos casos de Covid-19, parte do efetivo que participará da operação será destinado à fiscalização do cumprimento das normas sanitárias.

Desta quarta-feira (16) até 21 de fevereiro, 20 militares serão responsáveis por evitar a formação de pontos de aglomeração, com foco nas cidades de Vitória, Vila Velha, Serra, Cariacica e Guarapari, todos com risco moderado para a transmissão da doença.

Nos demais municípios, o monitoramento será feito pelo efetivo já existente.

O secretário de Estado de Turismo, Dorval Uliana, também pediu a quem for para as praias ou para as montanhas para que não se descuide.

“Nossa orientação é manter o distanciamento, mas principalmente para que busquem aqueles locais aqui no estado onde exista pouca aglomeração”, disse.