Amigos e parentes soltam balões e fazem homenagem à manicure de Guarapari encontrada morta

Parentes e amigos da manicure Niasia Alves Santos, de 26 anos, que foi encontrada morta, soltaram balões brancos da ponte de Guarapari, como forma de despedida da jovem.

A mãe da jovem, Alair Alves, 43, reconheceu o corpo de Niasia no DML de Vitória na manhã desta terça-feira (12). Foram 20 dias de desaparecimento. Para a mãe, uma angústia que já parecia sem fim.

“Foi uma angústia muito grande. Não esperávamos essa notícia. Esperávamos encontrar ela viva. Mas podemos dizer que é um alivio ter encontrado. Ficar sem notícias foi cruel, mas não temos muitas explicações ainda”, disse a mãe.

No início do mês, a mãe foi ao DML fazer exames a pedido dos peritos, e nesta segunda-feira (11) saiu o resultado de um desses exames, confirmando a identidade do corpo.

“Ontem a noite o DML me ligou dizendo que havia um corpo que seria o da minha filha. Fomos hoje identificar, e era ela. Não temos informações sobre quanto tempo o corpo estava lá no DML. O corpo ainda não foi liberado para o enterro”, disse Alair.

Além dos exames, o corpo de Niasia também foi reconhecido pela mãe. “Reconhecemos pelos cabelos, pelos pés, e principalmente a tatuagem da mão”, completou a mãe.

A Polícia Civil informou que o caso segue sob investigação da Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção à Mulher (DHPM), que está realizando diligências e levantamentos. Até o momento nenhum suspeito foi detido e outras informações não serão repassadas para que a apuração dos fatos seja preservada.

A Polícia Civil destaca que a população tem um papel importante nas investigações e pode contribuir com informações de forma anônima através do Disque-Denúncia 181, que também possui um site onde é possível anexar imagens e vídeos de ações criminosas, o disquedenuncia181.es.gov.br. O anonimato é garantido e todas as informações fornecidas são investigadas.

Fonte: Tribuna Online