Guarapari não tem mais leitos disponíveis para pacientes com Covid

Após o governador Renato Casagrande anunciar medidas mais severas de restrição às atividades econômicas e sociais para frear o avanço da Covid-19 no Espírito Santo, a secretária de Saúde de Guarapari, Alessandra Albany Gaigher, afirmou que o município está sem leitos no ambulatório reservado para os pacientes com Covid-19 na Unidade de Pronto Atendimento – UPA.

“Estamos na UPA, há 15 dias, vivendo em risco assistencial, com mais de 100% de ocupação dos leitos e com muita dificuldade de tirar esses pacientes e mandar para o Estado. Tudo isso tem prejudicado nosso processo de trabalho há, praticamente, um ano. E dessa vez isso veio de uma forma mais severa”, garantiu Alessandra.

A afirmação foi feita na coletiva de imprensa que o prefeito de Guarapari, Edson Magalhães, anunciou que Guarapari proibiria o uso de guarda-sol e cadeiras nas praias. Na ocasião, o gestor ainda fez um apelo.

Para Edson Magalhães, essa nova onda de contaminação é “irresponsabilidade de alguns pais”. “A gente vê muitos jovens nas ruas, muitos adolescentes sem máscara contaminando as pessoas. Eu penso que o que aconteceu foi isso aí”, acrescentou Magalhães.

Fonte: Tribuna Online