15 hospitais do ES já não têm mais vagas para nenhum paciente em UTI

Em 15 hospitais do Espírito Santo já não há leitos nas Unidades de Terapia Intensiva (UTI) para o tratamento de pessoas internadas com a Covid-19 ou com outras doenças. Há uma semana, apenas oito destas unidades não contavam com vagas disponíveis, ou seja, praticamente a metade. As informações são do Painel Ocupação de Leitos Hospitalares, da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), com dados atualizados neste sábado (27).

Dentre os hospitais estão unidades da rede pública, e ainda as filantrópicas e privadas, com leitos contratualizados pelo governo do Estado. São elas:

  1. HOSPITAL ESTADUAL ALCEU MELGAÇO FILHO 
  2. HOSPITAL RIO DOCE
  3. HOSPITAL MATERNIDADE SÍLVIO AVIDOS
  4. SANTA CASA DE MISERICÓRDIA DE COLATINA
  5. HOSPITAL ESTADUAL DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA (HEUE)
  6. HOSPITAL ESTADUAL DE VILA VELHA
  7. HOSPITAL EVANGÉLICO DE VILA VELHA
  8. HOSPITAL INFANTIL NOSSA SENHORA DA GLÓRIA
  9. HOSPITAL MADRE REGINA PROTMANN
  10. HOSPITAL SÃO CAMILO
  11. HOSPITAL VITÓRIA
  12. VILA VELHA HOSPITAL
  13. HOSPITAL ESTADUAL SÃO JOSÉ DO CALÇADO
  14. HOSPITAL EVANGÉLICO DE ITAPEMIRIM
  15. SANTA CASA DE MISERICÓRDIA DE GUAÇUÍ

Seis destas unidades estão localizadas na Grande Vitória. Na região também está localizada unidade referência no tratamento da Covid-19, o Hospital Estadual Dr Jayme Santos Neves, que está com 302, dos seus 305 leitos, ocupados. A taxa de ocupação dele já é de 99,02%.

No Espírito Santo, a taxa de ocupação de leitos para o tratamento da doença causada pelo novo coronavírus é de 92,39%. Em todo o Estado, neste sábado (27), estão disponíveis apenas 66 leitos de UTI.