Área gigante de frente para o mar é desmatada em Guarapari

Quem passou nos últimos dias pela rodovia Paulo Borges percebeu a devastação que está acontecendo na entrada do bairro Lameirão, centenas de árvores foram arrancadas por máquinas, o local é de propriedade particular.

Restos das árvores estão jogados no meio da área

A Secretaria Municipal de Meio Ambiente foi ao local até para verificação da ocorrência, tendo em vista que se trata de área particular. Foi apresentado um informe de corte, autorizado pelo Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal do Espírito Santo (IDAF).


É importante ressaltar que o órgão que legisla sobre supressão em áreas particulares é o IDAF, que autorizou a retirada da vegetação. Entramos em contato com a assessoria de comunicação do IDAF que não nos retornou. A área por muitos anos foi utilizada por carroceiros para a retirada de areia, muitos deles foram presos por crime ambiental, será que a lei mudou ou tem diferente interpretação por classe social?

Local tem placa do IDAF autorizando Irisdelmar Nunes Santa Clara