Sem sair da viatura, polícia vai usar aparelho que verifica placa de veículos

O Batalhão de Polícia de Trânsito (BPTran) vai passar a utilizar um equipamento que permite a leitura, em tempo real, de placas de veículos sem que o policial precise sair da viatura para isso. Por essa análise, os militares podem constatar irregularidades administrativas e criminais.

O batalhão adquiriu a versão móvel do Optical Caracteres Reader, ou OCR, sigla em inglês para Leitor Ótico de Caracteres, em uma parceria com o Departamento Estadual de Trânsito (Detran-ES).

De acordo com a Polícia Militar, o equipamento é utilizado desde o ano passado em uma versão portátil, porém com necessidade de ser instalado em ponto fixo, o BPTran inova e traz a versão embarcada do equipamento OCR, permitindo maior agilidade na fiscalização dos veículos em circulação, sem prejudicar a amplitude e dinamismo do policiamento ostensivo.

Além de apontar eventuais irregularidades administrativas, relacionadas à documentação dos veículos, como por exemplo, o licenciamento, o OCR também indica se o automóvel possui alguma restrição criminal, como furto e roubo.

Utilizando tecnologia de ponta, o OCR faz a leitura das placas e aponta ao policial embarcado, em tempo real, se há alguma irregularidade. Tudo sem a necessidade de parar as viaturas.

Mais informações sobre o uso dessa tecnologia e uma simulação de como ela funciona serão divulgadas pelo BPTran em coletiva de imprensa, na sexta-feira (14), no pátio do Detran em Campinho da Serra I, na Serra.