Ex-assessor morto em Guarapari cometia furtos para sustentar vício em drogas

O ex-assessor parlamentar assassinado em Guarapari era usuário de drogas há mais de 10 anos e, de acordo com familiares, tentaria se internar na próxima terça-feira (14). O corpo foi velado na manhã desta sexta-feira (10). 

Uma igreja adventista localizada em Paturá, em Guarapari, foi o local escolhido pela família para velar o corpo de Jilson de Jesus Santos, de 39 anos. O ex-assessor parlamentar e influente na região de Setiba, foi assassinado com três tiros na noite de quarta-feira (08). 

O crime foi registrado por câmeras de vigilância da região. Nas imagens é possível ver o momento em que um carro branco para em frente ao bar onde a vítima estava com alguns amigos. 

Os suspeitos descem do veículo e tentam colocar Jilson à força dentro do carro, mas ele resiste e consegue escapar. 

Depois de segundos, ele aparece correndo. Um dos criminosos atira três vezes contra a vítima que é atingida na cabeça. 

Jilson cai na calçada e até demonstra sinal de vida, mas morre na hora.