Aglomeração de pessoas sem máscaras é registrada em Iriri

Aglomeração com pessoas sem máscaras e muito som alto tomaram a cena pela segunda noite consecutiva no balneário de Iriri, em Anchieta, na região Sul do Espírito Santo. 

Um comerciante, que preferiu não se identificar, mora no balneário há 16 anos e disse que só conseguiu dormir por volta de 5 horas da madrugada deste domingo. “Essa noite o barulho foi mais alto que ontem. Aqui é um bairro de pessoas idosas, famílias. Todo feriado prolongado é a mesma coisa . Antes tinha um posto da Polícia Militar aqui perto e as pessoas respeitavam mais, mas agora que mudou de lugar piorou”, contou.

“Parece que esqueceram que ainda existe Covid-19 também”

A reportagem de A Gazeta acionou a Prefeitura de Anchieta. Por meio de nota, informou que foi realizada uma ação conjunta entre Guarda Civil Municipal e Polícia Militar e que várias pessoas foram abordadas a multidão dispersada.  “Pelo menos oito caixas de som foram apreendidas. A ação deve continuar durante o feriado prolongado”, informou. 

No sábado (9), o prefeito da cidade, Fabrício Petri, se comprometeu a reforçar a fiscalização e disse que foram surpreendidos com a aglomeração. “Nós fomos surpreendidos, não esperávamos que fosse ter essa aglomeração aqui na orla da praia Costa Azul, mas já recebemos imagens dessa aglomeração e acionamos a gerência da Guarda Municipal e entramos em contato com a Polícia Militar e com a fiscalização ambiental para que a gente coíba a utilização de caixas de som porque elas que permitem essa aglomeração durante o período da madrugada. Acreditamos que nos próximos dias possamos ter uma fiscalização mais enérgica pra coibir essa aglomeração. A gente se compromete a melhorar a fiscalização”, garantiu o prefeito.

A Polícia Militar também foi demandada, mas não respondeu até a publicação.

Fonte: Gazeta Online