Ex-gerente é presa por facilitar roubo em agências dos correios do sul do ES

Uma mulher condenada e que estava foragida da Justiça Federal foi detida, na noite deste sábado (09), pela Guarda Municipal de Marataízes, enquanto estava em um bar. 

De acordo com a Polícia Federal, ela era funcionária de uma agência dos Correios e foi condenada por ter fornecido informações para que criminosos realizassem um roubo à agência, que fica no sul do Estado. A cidade não foi divulgada.

Anteriormente, Policiais Federais da Delegacia de Cachoeiro de Itapemirim estiveram na cidade tentando localizar a mulher, mas ela não estava no local indicado. Os policiais então dividiram as informações relativas ao caso com componentes da Guarda Municipal, que então, passaram a ficar vigilantes quanto à presença dela no município.

Ela foi localizada num bar e presa pela guarnição de plantão que a recolheu na delegacia de Itapemirim onde permanecerá custodiada até ser transferida para o sistema penal, onde cumprirá sua pena.

A mulher foi condenada a quatro anos e 04 quatro meses de prisão, pela 1ª. Vara Federal Criminal de Cachoeiro de Itapemirim pelo crime de Peculato, que é quando um funcionário público se apropria de dinheiro, valor ou qualquer outro bem móvel, público ou particular, de que tem a posse em razão do cargo, ou desviá-lo, em proveito próprio ou alheio: