Corpo de Bombeiros confirma ao menos duas mortes em Capitólio

Corpo de Bombeiros confirma ao menos duas mortes em Capitólio

O Corpo de Bombeiros de Minas Gerais confirmou, na tarde deste sábado (8), que ao menos duas pessoas morreram na queda de uma estrutura rochosa sobre lanchas na região dos cânions de Capitólio, a 293 km de Belo Horizonte.

Vídeos mostram o momento da queda

REPRODUÇÃO / REDES SOCIAIS

A informação é do porta-voz da corporação, tenente Pedro Aihara. Segundo o militar, as duas vítimas são homens. A identidade não foi confirmada devido ao nível de degradação dos corpos. Segundo informações iniciais, três embarcações teriam sido atingidas.

“Esse número pode mudar, porque a gente tinha uma quantidade muito grande de embarcações naquele momento. Destas, duas afundaram e uma não afundou”, contou o militar.

“O Corpo de Bombeiros foi acionado por volta das 12h por funcionários que trabalham próximo da ponte do Turvo, em Capitólio. Eles relataram que ocorreu uma cabeça-d’água na região dos cânions e que teria acontecido o rolamento de pedras e estruturas rochosas”, detalhou o tenente sobre a dinâmica.

Ainda segundo o tenente Pedro Aihara, 23 vítimas foram atendidas no Hospital Santa Casa de Capitólio e liberadas. Duas foram levadas para a Santa Casa de Piumhi com fraturas expostas. Três estão na Santa Casa de Passos. O estado de saúde delas não foi divulgado. Outras quatro estão na Santa Casa de São José da Barra com ferimentos leves.

No fim da tarde, mais 40 bombeiros estavam empenhados na operação, que contava com mergulhadores e apoio do helicóptero da corporação.

“A DelFurnas deslocou, imediatamente, equipes de Busca e Salvamento (SAR) para o local,
integrantes da Operação Verão ora em andamento, a fim de prestar o apoio necessário às tripulações envolvidas no acidente, no transporte de feridos para a Santa Casa de Capitólio e no auxílio aos outros órgãos atuando no local. Um inquérito será instaurado para apurar causas, circunstâncias do acidente/fato ocorrido”, destacou a Marinha em nota.