Apresentador de TV tem prisão preventiva decretada por abusar sexualmente de menor

Apresentador de TV tem prisão preventiva decretada por abusar sexualmente de menor

O apresentador da Rede Meio Norte, jornalista Alcide Filho, foi preso na manhã de quarta-feira, 08, pela Polícia Civil em cumprimento a um mandado de prisão e de busca e apreensão expedido pela justiça. O jornalista, que é acusado de estupro de um adolescente de 14 anos em Teresina/Piauí, foi preso em casa.

No final do mês de maio a mãe do adolescente registrou um  Boletim de Ocorrência contra o apresentador e a partir daí tiveram início as investigações que culminaram com a sua prisão preventiva. Alcide Filho foi ouvido pelo delegado Matheus Zanatta e logo após encaminhado ao sistema prisional.

O apresentador é acusado de manter o adolescente morando com ele desde 2020 e trabalhando sem receber salário durante todo esse período, segundo informou a delegada Lucivânia Vidal, da DPCA (Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente). Ela acrescenta que Alcide tinha intenção de adotar a vítima.

O adolescente tinha sido contratado para trabalhar com o apresentador em uma produtora de vídeo montada dentro da casa dele. Segundo a delegada, os abusos aconteciam de forma reiterada até o final de 2021, quando o adolescente decidiu sair da casa por conta dos abusos e contou tudo para seus familiares.

Os abusos foram denunciados ao Conselho Tutelar em abril, e cerca de um mês depois a DPCA iniciou as investigações. Com a conclusão do Inquérito Policial, foi pedida a prisão preventiva do acusado e a Justiça deferiu “com base nos fortes indícios que demonstram a veracidade dos fatos denunciados”.

Alcide Filho além de jornalista é ambientalista e ficou conhecido no Estado por apresentar programas de ecoturismo na TV aberta piauiense. Em 2009 ele atuou como secretário Municipal de Luís Correia. A direção da emissora disse que o programa dele será retirado da grade até que as denúncias sejam esclarecidas.

Es em Foco