Filho que matou pai e mãe a marretadas por lhe negarem dinheiro para drogas está preso

Filho que matou pai e mãe a marretadas por lhe negarem dinheiro para drogas está preso

Já está preso o indivíduo Emerson Lopes Bucker Martins, 30 anos, que na manhã de segunda-feira, 04, matou a marretadas os próprios país Antônio Ribeiro Bucker Martins e Maria de Fátima Lopes Santos, em São Gonçalo, Região Metropolitana do Rio. Ele foi preso em flagrante logo após o crime.

Ao ser localizado Emerson, que estava confuso, drogado, com as roupas ensanguentadas e não respondeu a nenhuma pergunta, tentou fugir dos policiais, mas foi contido. Em seu poder estavam a quantia de R$ 4.200,00 em dinheiro, um celular, documentos da Previdência e cartões de banco das vítimas.

Testemunhas afirmam que Emerson matou os pais depois que seu pai se recusou a lhe dar dinheiro para comprar drogas, mas essa versão ainda não foi confirmada pela polícia. Ele foi conduzido à 74ª Delegacia de Polícia de Alcântara, de onde, depois de ouvido, foi encaminhado ao Sistema Prisional.

Emerson é muito conhecido na região por sair às ruas vestido de super-heróis como Homem Aranha e Capitão América, bem como por se apresentar a eventos infantis vestido a caráter. Além disso, ele e o irmão têm uma empresa de eventos onde alugam brinquedos, cadeiras e fazem apresentações de super-heróis em festas.

Os moradores do bairro ficaram horrorizados com a brutalidade do crime, pois não esperavam essa reação dele, que era conhecido por ser uma pessoa de boa índole, que inclusive chegou a tirar carteira de motorista para ajudar o pessoal da igreja. “Jamais esperávamos essa reação dele”, disseram vizinhos à polícia.

Es em Foco