Ônibus da Lorenzutti são apreendidos, empresa consegue liberação na justiça

Ônibus da Lorenzutti são apreendidos, empresa consegue liberação na justiça

Na madrugada desta quarta-feira 16 ônibus da empresa Lorenzutti foram apreendidos por determinação judicial.
Os oficiais, com mandados de busca e apreensão chegaram na garagem da empresa ainda nos primeiras horas da madrugada e com o mandado de busca e apreensão em mãos, recolheram 16 dos 20 ônibus que deveriam constavam na ordem judicial.
A apreensão foi motivada pela falta de pagamento dos financiamentos feitos pela empresa junto ao banco Bradesco e foram levados por motoristas trazidos pela própria justiça.

A EXPRESSO LOTENZUTTI lamenta o ocorrido, sendo pega de surpresa pela decisão sobre a qual não fomos sequer notificados, através de uma ação violenta e sem precedentes arrestaram diversos Ônibus.

Frisamos ainda que houve o atraso de apenas três parcelas do financiamento de um contrato com Banco BRADESCO, que perfazem o valor de 40 mil reais, em um contrato de 250 mil.

Este atraso ocorreu devido ao estado de pandemia do novo coronavírus, a demanda dos transportes coletivos em todo o País foi sensivelmente prejudicada e estavamos negociando com BRADESCO e fomos surpreendidos por essa violenta ação.

As empresas de ônibus têm enfrentado sérias dificuldades e a maioria dos sistemas brasileiros não conta com subsídios ou complementações tarifárias, que são comuns na maior parte dos países desenvolvidos e em sistemas de referência.

Seguimos firmes na operação com a solução breve desta situação.

Tranquilizamos também todos os nossos demais fornecedores, gestores públicos e toda a cadeia de transportes sobre a normalidade de nossas operações.

A expresso LORENZUTTI informa que obteve uma decisão favorável para liberação dos ônibus, estamos aguardando apenas o cumprimento da decisão.

Es em Foco