Homem é preso por agredir a mulher e filha de 8 meses

Homem é preso por agredir a mulher e filha de 8 meses

Um homem foi preso suspeito de agredir a esposa e a filha, de oito meses, na tarde deste domingo (17), no bairro São Francisco, em Cariacica, na Grande Vitória.

A mulher, que trabalha como atendente e pediu para não ser identificada, contou que as agressões começaram depois que Paulo Sérgio Almeida de Paiva Júnior passou a noite bebendo e pela manhã ficou agressivo e fez ameaças de morte.

Ela disse que ficou com medo e tentou sair de casa, mas foi perseguida até o portão e atacada pelo marido.

A vítima foi agredida com socos e chutes e ficou com hematomas em um dos braços. Na hora da agressão, segundo a mulher, ela estava com a filha no colo e disse que a menina também foi atingida por um soco.

“Estava muito bravo e desci correndo com medo. Ele segurou o portão. Eu achei que ele não ia fazer nada comigo porque eu estava com minha neném no colo e aí ele começou a me bater. Foi aí que a polícia passou, eu gritei e ele correu. Ele nunca fez isso com a neném por isso eu tomei atitude de chamar a polícia porque se ele fez isso com a neném ele poderia matar a gente”, contou.

Tudo aconteceu na frente do outro filho do casal de dois anos, de acordo com a vítima.

Paulo Sérgio foi preso no final da tarde enquanto tentava voltar para casa pela porta dos fundos.

Em 11 anos de relacionamento, a atendente disse que já sofreu várias agressões, todas por causa de ciúmes.

“Não é a primeira vez. Eu não vou dar mais chance pra ele. Eu tenho que pensar nos meus filhos e vou embora”, disse.

O homem foi autuado por lesão corporal, injúria e ameaça na forma da Lei Maria da Penha e encaminhado ao Centro de Triagem de Viana.

Até a última atualização deste texto, a reportagem não havia obtido contato com o preso ou a defesa dele.