Pai mata filha em briga por limpeza de fogão

Pai mata filha em briga por limpeza de fogão

No último sábado (20), Michelle Macena, de 20 anos, morreu após ser agredida pelo pai durante uma discussão. A jovem sofreu traumatismo craniano e chegou a ser levada ao Hospital Regina de Sousa, mas não resistiu. O caso de feminicídio aconteceu em Uiraúna, no Sertão da Paraíba. 

A família começou a dar depoimentos já na segunda-feira (22). De acordo com a Polícia Civil, a briga aconteceu na sexta-feira (19) e teria começado entre Michelle e seu irmão, que sujou o fogão depois de a irmã ter acabado de limpá-lo. O pai interveio em favor do filho, dando um soco em Michelle, que caiu e bateu a cabeça. A jovem foi para a casa da tia e apenas no final do sábado (20) começou a passar mal. O pai negou ter batido na filha, mas afirmou que “empurrou Michelle na região da cabeça, com punho fechado”. Caracterizou, também, o relacionamento com a jovem como “normal”, porém uma prima nega. O pai foi liberado, mas a investigação do caso de feminicídio segue em andamento. 

Mirian Oliveira, integrante do Coletivo Mulheres a Bessa, comenta a cultura da região do Sertão da Paraíba ao tratar questões femininas durante evento organizado pela instituição: “Nossa cultura autoriza que homens cometam deliberadamente vários tipos de violência contra mulheres, temos altos índices de feminicídio e essas violações são tão constantes que foram naturalizadas”. O Mulheres a Bessa foi criado em forma de protesto ao assassinato de Pâmela Bessa, espancada até a morte, no Sertão da Paraíba. Atualmente, o coletivo realiza debates na cidade acerca das violências praticadas contra as mulheres, com o objetivo de garantir justiça para os casos de feminicídio.

Es em Foco