Barco fica à deriva no mar de Guarapari e ocupantes pedem ajuda usando celular

Uma embarcação ficou à deriva no mar de Setiba, em Guarapari, durante a manhã desta quarta-feira (17). As duas pessoas que estavam a bordo conseguiram pedir ajuda usando um celular. O resgate precisou da ajuda de uma embarcação e de socorro aéreo. 

O barco estava localizado a cerca de 26 km mar adentro, quando apresentou uma pane e não conseguiu mais retornar para a costa. Além do problema com a embarcação, o mar estava agitado por conta dos fortes ventos que chegaram esta semana ao Espírito Santo. 

De acordo com o major Cristian Moreira, porta-voz do Núcleo de Operações e Transporte Aéreo (NOTAer), que participou do resgate via aérea, a situação foi controlada rapidamente. “Eles mesmos fizeram contato com a Capitania dos Portos através do celular. O socorro demorou quase duas horas para chegar até eles e, por isso, o serviço aéreo do NOTAer foi acionado para monitorar a situação visualmente e outra embarcação próxima também colaborou”, contou. 

O major ainda explicou que o contato pelo celular foi essencial para o sucesso do resgate. “Apesar de terem acionado o socorro pelo celular, a bateria do aparelho já estava quase acabando e nosso medo era perder a comunicação com eles. Mas a bateria resistiu e isso ajudou muito em todo o processo, porque eles conseguiram mandar a localização por lá e ainda se manterem em contato”. 

As duas pessoas que estavam na embarcação ainda não foram identificadas. Eles acompanharam todo o processo do resgate e ninguém se machucou. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.