Polícia investiga morte de jovem e internação de mais de 10 pessoas após rave em Guarapari

A Polícia Civil investiga a morte de um jovem e a internação médica de pelo menos 11 pessoas após o uso de drogas durante uma festa rave promovida em Guarapari no último dia 12. Os jovens foram internados no Hospital Antônio Bezerra de Faria, em Vila Velha, e também em hospitais particulares da Grande Vitória.

Acompanhada do titular do Departamento Especializado de Narcóticos (Denarc), delegado Fabrício Dutra, uma equipe de investigadores está no hospital Antonio Bezerra na manhã desta sexta-feira (18).

De acordo com a polícia, um estudante de engenharia está internado em estado grave na unidade pública de Vila Velha.

“É UMA DROGA MUITO FORTE, MUITO PODEROSA”, DIZ DELEGADO

Em entrevista à reportagem de A Gazeta, o delegado Fabrício Dutra afirmou que a polícia foi acionada para fazer um levantamento inicial e também as investigações do que ocorreu nessa festa, onde inicialmente 12 jovens ficaram intoxicados com uso de uma substância entorpecente nova.

Segundo o delegado, a polícia irá identificar quem são os jovens intoxicados. “Agora nós vamos identificar todos, verificar todas as informações. O fato, de imediato, para que a gente possa nas investigações identificar quem autorizou essa festa, quem realizou essa festa, qual traficante operou nessa festa, para que as investigações cheguem ao bom termo e a gente possa imediatamente tirar essa droga de circulação”.

SUBSTÂNCIA À BASE DE GEL

“A informação inicial é que foi uma substância à base de gel. As informações iniciais são de que se trata de uma droga de origem mexicana. Vamos trabalhar agora, toda equipe já está mobilizada. O mais importante agora é saber o estado de todas essas pessoas. É uma droga muito forte, muito poderosa, e agora acompanhar o desenrolar das investigações, para que a gente possa em curto prazo realizar todo procedimento necessário.

Fonte: A gazeta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.