Polícia identifica origem da droga que deixou jovens em estado grave após rave no ES

A polícia já identificou o responsável por vender os comprimidos da droga que deixou pelo menos dois jovens internados em estado grave após frequentarem uma rave, em Guarapari, na Grande Vitória. A festa aconteceu no sábado (12). As apurações apontam para um novo tipo de entorpecente, uma mistura de mescalina com MDMA ou ecstasy.

Um dos jovens que usou a droga e recebeu alta prestou depoimento na Delegacia de Narcóticos. Ele contou que encomendou três comprimidos pela internet e pegou a droga no evento.

O jovem contou que tomou apenas um comprimido e desmaiou 20 minutos depois. Ele se lembra apenas do momento em que acordou na UTI do hospital.

O responsável vai responder por tráfico de drogas e, por enquanto, por tentativa de homicídio doloso, ou seja, quando há intenção de matar.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.