Justiça cancela a venda de rede de supermercados Santo Antônio

A família Zouian, fundadora do supermercado Santo Antônio, em Guarapari e Anchieta, retomou a administração da rede. A empresa, que atua há mais de 50 anos na região Sul, conseguiu uma liminar na Justiça, no início da tarde desta quinta-feira (28), rescindindo o contrato que havia feito com a companhia DX Group Participações e Investimentos Eireli, comandada pelo empresário Creso Suerdieck Dourado.

A informação foi obtida pela coluna junto a  fontes do setor supermercadista. Desde que a empresa – do empresário Jorge Zouain – foi comprada em julho deste ano, o grupo de São Paulo anunciou vários investimentos e melhorias nas lojas, mas nenhuma delas saiu do papel.

Diante das muitas promessas e de problemas que foram ficando cada vez mais evidentes na empresa – como o desabastecimento de mercadorias, apreensão pela Receita Estadual de máquinas de cartões de crédito irregulares, a falta de pagamento de rescisões trabalhistas e de direitos como FGTS e INSS -, os proprietários do supermercado começaram a desconfiar de que poderia se tratar de um calote e decidiram entrar na Justiça para recuperar a rede, que é uma das principais empregadoras de Guarapari, com aproximadamente 700 funcionários.

Ao tomar conhecimento da liminar da Justiça, a coluna procurou representantes da antiga gestão.  

“Foram descumpridas várias cláusulas. O prejuízo já é muito grande. Decidimos entrar na Justiça para evitar que mais estragos sejam feitos”, contou uma fonte à coluna ao comentar que o proprietário Jorge Zouain recebeu apenas duas parcelas do pagamento sobre a venda e depois disso não viu mais nenhum tipo de remuneração.

A falta de compromisso financeira do grupo paulista também se refletiu junto aos fornecedores. Segundo uma fonte, as dívidas se acumulam em diversas áreas, como frios, carnes, materiais de limpeza, alimentos, entre outros, e já ultrapassam o montante de R$ 5 milhões.

Fonte: Gazeta Online


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *