Nove cidades do ES continuam em alerta por causa de forte chuva

pesar de as chuvas fortes não terem voltado durante o dia neste sábado (7), no Espírito Santo, nove municípios capixabas continuam em alerta. Segundo a Defesa Civil, isso acontece porque ainda há risco de deslizamentos de terras nestas cidade e o tempo continua instável.

De acordo com o último boletim da Defesa Civil, cinco pessoas da mesma família continuam desalojadas na cidade de São Domingos do Norte, Noroeste do Estado, onde oito residências foram destelhadas.

O tenente-coronel Wagner Borges, do Corpo de Bombeiros e Defesa Civil, falou que os transtornos maiores por causa da chuva da noite desta sexta-feira (6) foram provocados por alagamentos.

“Na região da Grande Vitória o que mais aconteceu foram alagamentos, algumas árvores caíram, mas a nossa preocupação maior agora é orientar a população capixaba sobre os riscos de algumas moradias. Observe bem a sua casa, se há alguma dificuldade em abrir e fechar portas e janelas, se há novas rachaduras nas paredes, chão, até mesmo no terreno da sua casa, em muro. Se aconteceu isso, é importante acionar a Defesa Civil”, explicou.

Ruas intransitáveis

Na noite desta sexta-feira, motoristas tiveram que usar o calçadão da praia de Itapoã, em Vila Velha, para fugir dos alagamentos. De acordo com boletim divulgado pela Defesa Civil às 17h deste sábado, o município teve o maior acumulado de chuva nas 24 horas anteriores, com 101,38 mm.

Além de Vila Velha, as cidades de Vitória, Viana, Apiacá, Cachoeiro de Itapemirim, Mimoso do Sul e São Domingos do Norte também foram afetados pelo temporal com alagamentos e interdições.

Neste sábado não foi registrado nenhum alagamento no Espírito Santo.

Vias de Vila Velha, ES, ficaram completamente alagadas após chuva forte — Foto: Reprodução/ TV Gazeta

Vias de Vila Velha, ES, ficaram completamente alagadas após chuva forte — Foto: Reprodução/ TV Gazeta

Maiores acumulados de chuva nas últimas 24h (atualização às 17h):

  • Vila Velha – 101.18 mm
  • Santa Teresa – 97.56 mm
  • Fundão – 85.2 mm
  • Domingos Martins – 79.2 mm
  • Marechal Floriano – 75.8 mm
  • Vitória – 75.04 mm
  • Baixo Guandu – 74.6 mm
  • Cariacica – 70.94 mm
  • Anchieta – 68.4 mm
  • Aracruz – 68.08 mm
  • Ibiraçu – 63.89 mm
  • Santa Maria De Jetibá – 61.51 mm
  • João Neiva – 60.64 mm
  • Rio Novo Do Sul – 56 mm

Fonte: G1ES

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *