“Mulher que perturba tem que matar mesmo”, afirma blogueiro capixaba

“Mulher que perturba tem que matar mesmo”, afirma blogueiro capixaba

Um blogueiro de São José do Calçado foi filmado por sua esposa durante discussão e após sofrer uma tentativa de agressão. O caso ganhou repercussão na cidade depois que o vídeo foi parar nas redes sociais.

Em trecho da filmagem o blogueiro, que é conhecido em São José do Calçado e Bom Jesus do Norte por defender as mulheres em lives, se dizendo contra a violência doméstica, disse para sua esposa durante a discussão que “mulher que perturba tem que matar mesmo”.

A mulher do blogueiro decidiu fazer o vídeo após seu companheiro jogar, durante a madrugada, em sua direção um recipiente com detergente que quase a atingiu.

Em seu blog, o blogueiro ameaça processar as pessoas que compartilharam o vídeo das ofensas dele contra a esposa.

Acusação infundada

O mesmo blogueiro perdeu uma ação na Justiça após acusar injustamente uma mulher de criar fake news contra ele e sua esposa.

A mulher, que de acusada passou a ser vítima, entrou em contato com a redação e disse que perdeu o emprego por causa do processo movido pelo blogueiro. Na ação, transitada em julgado em dezembro de 2018, a mulher foi absolvida.

“Fui humilhada, tive problemas na minha família e perdi o emprego por causa desse blogueiro que já destruiu várias famílias”, disse a mulher chorando ao telefone ao conversar com a reportagem.

A vítima do blogueiro decidiu não mover ação contra ele.

Multado pela Justiça Eleitoral

Em março de 2017 o mesmo blogueiro teve problemas com a Justiça ao publicar uma pesquisar irregular, nas eleições municipais de 2016, em São José do Calçado.

A Justiça Eleitoral condenou o blogueiro ao pagamento de uma multa de R$53.205,00. A decisão foi do juiz Frederico Ivens Miná Arruda de Carvalho, da Comarca de Bom Jesus do Norte, e atendeu a uma representação feita pelo candidato derrotado nas eleições de 2016, Antônio Coimbra de Almeida, o “Cuica”.