Morre inspetor penitenciário que foi baleado no Morro do Moreno

Morreu na manhã desta quarta-feira (20) o inspetor penitenciário Rodrigo Figueiredo da Rosa, que foi baleado em uma tentativa de assalto no topo do Morro do Moreno, em Vila Velha. A informação foi confirmada pelo Sindicato dos Inspetores Penitenciários do Espírito Santo, que está em contato com a família.

De acordo com o diretor do sindicato Sostenes Araújo, Rodrigo teve uma parada cardíaca. O inspetor já tinha ficado paraplégico devido às lesões, considerando que a bala atingiu uma vértebra.

Rodrigo estava internado no Hospital Estadual de Urgência e Emergência. Ele foi baleado nas costas e a bala atingiu uma das vértebras. Rodrigo ainda teve a arma roubada. Após ser atingido pelos tiros, o inspetor ficou sem sentir as pernas e os braços, o que dificultou o resgate já que a vítima estava em uma área de difícil acesso.

Morre inspetor penitenciário que foi baleado no Morro do Moreno | A Gazeta

A Polícia Militar apoiou o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) para que a equipe de resgate conseguisse chegar ao local. O Corpo de Bombeiros também acionado para ajudar na retirada do homem.

De acordo com informações do sindicato, a vítima foi baleada depois que os criminosos perceberam que o inspetor estava armado. Outras pessoas também foram assaltadas no local. A Força Tática e a Companhia Independente de Missões Especiais da Polícia Militar vasculharam a mata para tentar localizar algum suspeito, mas ninguém foi encontrado no dia. Posteriormente, dois suspeitos de participarem do assalto foram presos por policiais do Departamento Especializado de Investigações Criminais (Deic).