Morre inspetor penitenciário que foi baleado no Morro do Moreno

Morre inspetor penitenciário que foi baleado no Morro do Moreno

Morreu na manhã desta quarta-feira (20) o inspetor penitenciário Rodrigo Figueiredo da Rosa, que foi baleado em uma tentativa de assalto no topo do Morro do Moreno, em Vila Velha. A informação foi confirmada pelo Sindicato dos Inspetores Penitenciários do Espírito Santo, que está em contato com a família.

De acordo com o diretor do sindicato Sostenes Araújo, Rodrigo teve uma parada cardíaca. O inspetor já tinha ficado paraplégico devido às lesões, considerando que a bala atingiu uma vértebra.

Rodrigo estava internado no Hospital Estadual de Urgência e Emergência. Ele foi baleado nas costas e a bala atingiu uma das vértebras. Rodrigo ainda teve a arma roubada. Após ser atingido pelos tiros, o inspetor ficou sem sentir as pernas e os braços, o que dificultou o resgate já que a vítima estava em uma área de difícil acesso.

Morre inspetor penitenciário que foi baleado no Morro do Moreno | A Gazeta

A Polícia Militar apoiou o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) para que a equipe de resgate conseguisse chegar ao local. O Corpo de Bombeiros também acionado para ajudar na retirada do homem.

De acordo com informações do sindicato, a vítima foi baleada depois que os criminosos perceberam que o inspetor estava armado. Outras pessoas também foram assaltadas no local. A Força Tática e a Companhia Independente de Missões Especiais da Polícia Militar vasculharam a mata para tentar localizar algum suspeito, mas ninguém foi encontrado no dia. Posteriormente, dois suspeitos de participarem do assalto foram presos por policiais do Departamento Especializado de Investigações Criminais (Deic).

Es em Foco