Após foto com pênis, Magno Malta diz que seu celular foi clonado

O ex-senador e cantor de pagode gospel Magno Malta afirmou na manhã desta quarta-feira (20), em suas redes sociais, que teve seu celular clonado. A reação acontece após ter sido publicada na sua página no Facebook, na noite de terça-feira (19), uma imagem que continha a foto de uma mão segurando um pênis, que estava na galeria de fotografias do celular dele.

“Comunico a todos que tive meu celular clonado e talvez raqueado. Tem uma pessoa se passando por mim, usando meu perfil do Facebook. Já estou tomando as providências, obrigado!”, diz o comunicado do ex-parlamentar.  “Se a tentativa é me calar, não vão conseguir”, arremata o cantor evangélico.

O pênis na galeria de imagens de Magno Malta virou motivo de chacota no Twitter e foi alvo, inclusive, de matérias em sites nacionais.

A coluna lembra que, em casos de crimes virtuais, existe a Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes Cibernéticos, que funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h. Ela fica na avenida Marechal Campos, no bairro Bonfim, em Vitória.

Fonte: Gazeta Online