Policial à paisana reage a arrastão e mata assaltante no ES

Um policial militar à paisana reagiu a um assalto, matou um assaltante e feriu outro. Foi na manhã desta terça (23) no bairro Santa Cecília, em Cariacica. Outro bandido que participou da ação conseguiu escapar. A região onde os homens foram baleados foi cercada logo cedo pela Polícia Militar. 

Segundo informações da PM, três suspeitos fizeram um arrastão no ponto de ônibus na BR-262. As vítimas entraram em desespero e começaram a gritar e chamar a polícia. Um cabo da PM a paisana passou no veículo dele em frente ao ponto, viu toda a ação tentou dar voz de prisão. Neste momento os suspeitos ameaçaram atirar. O policial então disparou e baleou dois dos suspeitos.

Os tiros atingiram o portão de uma garagem próxima. Um dos suspeitos baleados morreu no local. O outro foi socorrido por uma ambulância do Samu, que prestou os primeiros atendimentos ainda na rua. Um terceiro suspeito conseguiu fugir. De acordo com a PM, o trio agia em um carro branco.

Depois dos tiros, a polícia conseguiu apreender com os suspeitos um revólver calibre 32 que estava com um deles. O celular de uma vítima também foi localizado no bairro Vila Independência, próximo ao Morro dos Gama. A jovem que teve o celular recuperado acompanhou o trabalho da polícia, mas preferiu não dar entrevista. Uma bolsa dela também foi levada pela dupla, mas ficou caída no chão e a PM apreendeu. Outras vítimas foram orientadas a procurar a delegacia pra registrar a ocorrência. O cabo que efetuou os disparos contra os assaltantes também permaneceu no local, mas não falou com a imprensa.

Segundo moradores da região onde aconteceu a tentativa de assalto, casos assim são frequentes no ponto e no bairro. Eles informaram ainda que no último domingo uma moradora foi rendida no local. No assalto, o suspeito jogou a vítima no chão e ela ficou machucada e em pânico. Foi amparada pelos vizinhos e precisou de água com açúcar pra ficar mais calma.

Os nomes dos homens baleados não foram divulgados. A região onde os suspeitos foram presos possui câmeras de segurança que podem ter registrado o momento dos disparos.