Traficantes proíbem bailes funk em favelas do Rio de Janeiro

Traficantes proíbem bailes funk em favelas do Rio de Janeiro

 Traficantes de drogas de algumas comunidades do Rio de Janeiro decidiram seguir o decreto estadual que determina a pausa emergencial de 10 dias (de 26/3 a 4/4) e proibiram bailes funks em várias favelas do estado.

Segundo o jornal O Dia, na página do Baile da China, comunidade do Barro Vermelho, em São Gonçalo, Região Metropolitana do Rio, um aviso mostrou a ordem dos organizadores.

“Não haverá nenhum tipo de evento na nossa comunidade para evitar a disseminação do vírus e proteger a todos”. O recado é assinado por Tropa do Pivete, apelido de Leilson Ferreira Fernandes, um dos chefes da facção Comando Vermelho.

O mesmo recado foi dado por outros traficantes, de diferentes facções, na região metropolitana do Rio.

Ainda em São Gonçalo, segundo informações de inteligência da Polícia Militar, as duas principais lideranças do Comando Vermelho na cidade, Wallace Batista Soalheiro, o Pixote, e Antônio Ilário Ferreira, o Rabicó, proibiram os bailes nas favelas do Salgueiro, Jardim Catarina, Coruja, Chumbada, Menino de Deus e Martins.

Es em Foco