Filho invade casa e tentar agredir a própria mãe no ES

Filho invade casa e tentar agredir a própria mãe no ES

Um jovem foi preso, neste sábado (18), em Cariacica, na Grande Vitória, por descumprir a medida protetiva que a própria mãe tinha contra ele. O caso aconteceu no bairro Morada de Santa Fé. A prisão aconteceu depois que o rapaz invadiu a casa da vítima.

A vítima, que é diarista, contou que não foi a primeira vez que o próprio filho tentou entrar sem permissão na casa dela. Na casa da mulher ficaram as marcas das várias tentativas anteriores de arrombamento.

Segundo a mãe, o filho chegou a mordê-la recentemente, o que a deixou com um dos dedos das mãos inchados. Ela relatou que as agressões por parte dele eram constantes.

“Umas três vezes de dezembro pra cá. Aí eu não aguentei mais. Chega! Porque olha o tamanho da situação: uma mãe se atracar com um filho. É horrível. Não tem condições”, falou a mãe.

Um mês antes, a diarista havia conseguido uma medida protetiva para impedir que o filho se aproximasse dela. Com a tentativa de invadir a casa dela neste domingo, o jovem acabou preso por descumpria a medida.

Maçaneta ficou amassada após tentativas do filho de arrombar a porta da casa da mãe — Foto: Reprodução/TV Gazeta

Maçaneta ficou amassada após tentativas do filho de arrombar a porta da casa da mãe — Foto: Reprodução/TV Gazeta

“Ele estava sentado na escada, eu falei: ‘você não pode vir aqui porque eu vou chamar a polícia para você’. Aí ele falou que ia pegar umas coisas dele e iria em bora, e entrou. Mas entrou me xingando. Eu não discuti, vim para o meu quarto e liguei para a polícia. O carro da polícia chegou, fomos no terraço e ele estava lá dormindo. Aí dei o basta e ele ficou preso”, disse a diarista.

A mulher relatou ter passado por uma situação parecida com o ex-namorado. À reportagem, ela contou que tinha uma medida protetiva contra ele também, que acabou preso.

Segundo a mulher, o ex-namorado também tentou invadir a cada dela e chegou a arremessar pedras em direção à residência. As pedras caíram sobre o telhado e abriram buracos na cobertura da casa. De acordo com ela, ela decidiu terminar o relacionamento entre eles depois de descobrir que o companheiro era usuário de drogas.

“Eu aceito desempregado, aceito de qualquer forma. Usuário de drogas, não. Ele dizia que iria mudar, não mudava. Começou a invadir a minha casa, me perseguir em ponto de ônibus, me agredir verbalmente, me ameaçar. Fiz queixa e, quando saiu a medida protetiva, ele estava minha casa achando que não daria em nada. E deu e ele está preso”, contou a mulher.

A Polícia Civil informou que o suspeito, de 18 anos, foi conduzido à Delegacia de Plantão Especializado da Mulher (PEM), foi autuado em flagrante por ameaça e injúria, todos na forma da Lei Maria da Penha, e descumprimento de medida protetiva de urgência (MPU). Ele foi encaminhado ao Centro de Triagem de Viana (CTV).

Es em Foco