Homem é preso após tentar matar vizinhas com enxada por causa de pula-pula

Homem é preso após tentar matar vizinhas com enxada por causa de pula-pula

Briga começou por causa da instalação de pula-pula em um bairro de Vicente Pires. Agressor teria se irritado quando vítima acionou a polícia.

APolícia Civil do Distrito Federal (PCDF) prendeu um homem de 21 anos acusado de tentar matar duas vizinhas, mãe e filha, com uma enxada, após discussão em Vicente Pires. A briga aconteceu na Vila São José e começou enquanto as vítimas instalavam um pula-pula na frente de casa, para uma confraternização na tarde desse domingo (11/9).

O agressor deu início à discussão. Ele chegou a arremessar garrafas de refrigerante e a dar cadeiradas nas vizinhas. A mais nova, de 20 anos, ligou para a Polícia Militar, o que teria revoltado o suspeito. Em seguida, com uma enxada, ele correu em direção à vítima e tentou acertar um golpe, mas atingiu a mais velha, de 37 anos, na cabeça.

O acusado ainda deu socos na mais nova, o que provocou uma fratura no maxilar da vítima, e agrediu o irmão dela com uma barra de ferro. A família fugiu e se trancou em casa, mas o agressor tentou entrar no imóvel, com uma faca em mãos.

O jovem de 21 anos fugiu antes da chegada da Polícia Militar, mas a ocorrência foi registrada na 38ª Delegacia de Polícia (Vicente Pires), enquanto as vítimas recebiam atendimento no Hospital de Base. Os investigadores identificaram o suspeito e o encontraram na casa de uma irmã, na mesma região administrativa.

Ele foi autuado em flagrante por duas tentativas de homicídio duplamente qualificado — por motivo fútil e impossibilidade de defesa das vítimas —, bem como por lesão corporal contra o irmão da vítima mais nova. Em caso de condenação, as penas somadas podem chegar a 40 anos de prisão, prazo máximo para permanência na cadeia no Brasil.

Es em Foco