Filho mata o pai a tiros após discussão ao tentar impedi-lo de sair bêbado e armado

Filho mata o pai a tiros após discussão ao tentar impedi-lo de sair bêbado e armado

A facilidade de acesso a armas de fogo foi de novo a responsável por mais uma tragédia familiar, em que o filho matou a tiros o próprio pai depois de uma discussão entre os dois por motivos fúteis. O caso aconteceu no domingo, 18, na Zona Rural de Aripuanã/MT, durante a realização de um churrasco em família.

Segundo informações de testemunhas, durante um churrasco regado a bebidas alcoólicas Abadias Honório da Silva, 41 anos, que já estava com o rabo cheio da manguaça, resolveu sair de casa, pegou um revólver e colocou na cintura. O filho dele, Walisson Honório da Silva, 21 anos, tentou impedi-lo de sair armado.

Em virtude disso houve uma discussão entre pai e filho, ocasião em que Abadias fez ameaças de morte ao filho e às testemunhas e em seguida começou a quebrar objetos e móveis da casa. Walisson conseguiu tomar um revólver e um rifle do pai, mas a discussão teve continuidade até que o filho atirou no pai.

Após constatar que o pai havia morrido, Walisson disse que iria se desfazer do cadáver em um matagal nas proximidades, mas foi impedido pela mãe e por uma testemunha não identificada que estavam no local. Ato contínuo, Walisson montou em sua moticicleta e evadiu do local, enquanto a polícia era acionada.

Ao fugir, o assassino levou consigo o revólver utilizado no crime. Os policiais encontraram Abadias já sem vida, com ferimentos na cabeça e no braço direito provocados pelos disparos efetuados pelo filho. O caso foi registrado como homicídio doloso e o caso segue sendo investigado pela Delegacia de Polícia.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *