Professor de Guarapari é preso por abusar sexualmente de crianças, gravar e guardar vídeos

Professor de Guarapari é preso por abusar sexualmente de crianças, gravar e guardar vídeos

A Polícia Federal deflagrou, nesta segunda-feira (26), uma operação policial para prender um capixaba de 34 anos que atuava na produção, divulgação, transmissão e armazenamento de imagens e vídeos que continham cenas de sexo explícito envolvendo crianças e adolescentes.

Além do cumprimento do mandado de prisão preventiva e de dois mandados de busca e apreensão no município de Guarapari, também foram cumpridos outros dois mandados de buscas em duas escolas municipais de Cariacica onde o preso atuava como professor.

Segundo a Polícia Federal, as investigações tiveram início a partir da prisão de outro abusador, em Recife, no último dia 12 de setembro. A análise do material apreendido levou à identificação de outros abusadores que frequentemente produziam, compartilhavam e armazenavam esse tipo de material.

O homem detido em Recife se hospedou na casa do homem preso nesta segunda-feira (26), em Guarapari. Enquanto estiveram juntos, abusaram sexualmente de crianças, inclusive registrando os crimes em vídeo. 

O objetivo da ação de hoje, portanto, além do cumprimento das medidas judiciais mencionadas é colher elementos de prova que identifiquem outros suspeitos que possam estar envolvidos em crimes desta natureza.

Crimes investigados

O investigado responderá por estupro de vulnerável e pela prática do delito de transmitir e/ou armazenar material pornográfico envolvendo criança ou adolescente, ambos previstos no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), cujas penas somadas podem passar de 20 anos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *