Criança de 2 anos é esquecida dormindo dentro de creche no ES

Criança de 2 anos é esquecida dormindo dentro de creche no ES

Um menino de 2 anos foi esquecido dormindo dentro de um berço em uma creche municipal, em Cariacica, na Grande Vitória nesta quinta-feira (13). Tudo aconteceu depois que funcionários foram embora e a criança ficou sozinha no berçário.

O caso foi registrado no Centro Municipal de Ensino Infantil (Cmei) Tereza Tirone, no bairro Dom Bosco. Um vídeo gravado pela família e que circulou pela internet, mostrou o momento que familiares chegaram à unidade e, acompanhados de funcionários, encontraram o menino dormindo sozinho dentro de uma sala.

O jardineiro Diego Monteiro, pai da criança disse que, inicialmente, a família foi comunicada que a criança já havia sido levada por outra pessoa.

“A minha filha mais velha chegou para buscar o irmão dela, como sempre ela faz. Busca ele às 17h, eles saem 17h15 da escola. Chegando lá, a diretora alegou pra minha filha que alguém tinha pegado meu filho. Minha filha voltou chorando. Ligou pra mãe desesperada falando que alguém tinha roubado ele na escola. Minha esposa ligou pro meu sogro pra ele ir lá porque eu estava vindo do serviço. Ele foi lá e encontrou uma professora de outra escola na porta, passando que perguntou o que estava acontecendo, que estava todo mundo querendo entrar na escola. Ela ligou pra essa diretora, ela não atendeu, depois retornou a ligação e falou com suas próprias palavras que meu filho se encontrava dentro do berço dormindo na sala de aula”, contou o pai do menino.

A mãe do aluno, a auxiliar de produção, Diane Pereira Rocha, disse que ficou desesperada quando recebeu a ligação da filha.

“Eu fiquei em total desespero, fiquei sem chão totalmente, na hora que minha filha falou ‘levaram o neném mãe, eu não sei pra onde foi’. Fiquei sem chão”, disse a mãe da criança.

Direção da escola nega que família tenha ido buscar aluno mais cedo, mas admite que professora foi embora e deixou a criança sozinha

Em entrevista à TV Gazeta, a diretora da escola, Sandra Noelia, contou que o menino dormiu após uma série de brincadeiras e gincanas que ocorreram na creche em comemoração a semana das crianças. Porém, na hora de ir embora, apenas os alunos que estavam na área externa foram entregues aos responsáveis.

“Hoje a programação foi toda na área externa da creche. Então as crianças brincaram muito e ficaram cansadas. Esse menino específico, de 3 anos, dormiu, e a professora o colocou no berço. Na hora de entregar as crianças para os pais, a professora entregou os alunos que estavam na área externa. E o menino ficou no berçário”, disse a diretora.

Creche onde criança foi esquecida dormindo em sala de aula em Cariacica, ES  — Foto: Reprodução/TV Gazeta

Creche onde criança foi esquecida dormindo em sala de aula em Cariacica, ES — Foto: Reprodução/TV Gazeta

Ela disse ainda que ninguém da creche informou à família que a criança já havia sido levada. Ainda de acordo com a diretora, o pai foi buscar a criança por volta de 18h, uma hora após o horário de encerramento das aulas e nenhum familiar da criança esteve no local no horário de saída dos alunos, às 17h, mas admitiu que a professora foi embora e deixou a criança sozinha.

A professora da turma não foi encontrada pela reportagem. A diretora da creche disse que vai se reunir com a Secretaria de Educação para tomar providências e contou que a professora pode ser transferida ou até mesmo demitida.

A família do menino diz que ele não vai mais voltar pra creche e vai registrar um boletim de ocorrência contra a escola junto à polícia.

“Justiça para todas as nossas crianças. Como aconteceu com a minha pode acontecer com as demais. O que eles fizeram não foi certo. Meu filho ficou abandonado na escola”, disseram os pais do aluno.

Profissionais da escola foram afastados e vigilantes serão demitidos

A Prefeitura de Cariacica informou na manhã desta sexta-feira (14) que lamenta o ocorrido. Disse ainda que a Secretaria de Educação “está tomando todas as providências administrativas para apurar os responsáveis pelo ocorrido, uma vez que há evidências de que a unidade escolar infringiu o Regimento Comum das Escolas Municipais de Cariacica”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *