Jovem assassinada a pauladas durante sexo a três morreu por perder todo sangue do corpo

Jovem assassinada a pauladas durante sexo a três morreu por perder todo sangue do corpo

Perda excessiva de sangue foi a causa da morte da jovem Gilmara Ferreira dos Santos, 21 anos, assassinada a pauladas no sábado, 15, pelo companheiro Diego Resende, 35 anos, durante uma relação sexual a três. O caso aconteceu na cidade mineira de Patos de Minas e o assassino foi preso em flagrante.

Ao ser preso o assassino contou que estavam na casa além dele e a namorada, mais dois amigos, sendo que um foi embora mais tarde. Como a namorada estava olhando muito para os rapazes, ele teve a ideia de propor sexo a três para testar a vítima, que aceitou por medo de ser espancada pelo companheiro.

A informação é do delegado Luiz Mauro Sampaio. Segundo ele os três foram para o quarto e logo no início da relação o assassino se irritou dizendo que Gilmara não agia conforme o determinado e a espancou com um porrete por mais de uma hora e a jogou em outro quarto onde a deixou para que morresse.

De acordo com informações do delegado, o outro jovem tentou conter o assassino, mas também foi agredido e ficou com medo. Ele disse também que a jovem foi jogada no outro quarto ainda com vida. Quando os policiais chegaram ao local do crime, encontraram Gilmara já sem vida, com sinais de violência.

“Ele pode ter utilizado também alguma ferramenta cortante, pois vários vasos de importância para a circulação sanguínea foram afetados”, disse o delegado, acrescentando que a jovem não morreu de repente. “Ela morreu gradualmente, até que seu corpo se esvaziasse totalmente do sangue”, enfatizou o delegado.

O assassino tentou ocultar o cadáver na casa onde morava, que era paga pela mãe dele, a qual sempre agredia, cujo ambiente era insalubre, com fezes humanas na sala. Além do assassinato qualificado, ele foi autuado por ocultação de cadáver e por sequestro e cárcere privado do rapaz que também foi vítima.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *