Tenso. Homem mata a marteladas a mulher e o amante e enterra seu corpo no pátio da casa

Tenso. Homem mata a marteladas a mulher e o amante e enterra seu corpo no pátio da casa

Um indivíduo de 40 anos condenado por crimes como furto, roubos, estelionato e posse de drogas foi preso no sábado, 26, por ter matado a mulher e o amante dela a marteladas. O motivo do duplo assassinato foi porque ele encontrou mensagens picantes no celular da mulher enviadas pelo vizinho e não gostou.

Primeiro ele matou a mulher, identificada como Lidiane Jurema dos Santos Pinto Carvalho, 42 anos, e a enterrou no pátio da casa onde viviam em Gramado/RS na terça-feira, 22, mas só na quinta-feira, 24, o seu desaparecimento foi comunicado na Delegacia de Polícia da cidade e as investigações iniciaram.

No sábado ele foi até a casa de José Noeli Fogassa da Silva, 76 anos, tirar satisfações e o matou também com um martelo. Entretanto, populares revoltados tentaram linchá-lo, o que só não ocorreu porque a polícia chegou a tempo e o prendeu. Ele confessou os homicídios e mostrou onde enterrara a mulher.

O assassino, que estava usando uma tornozeleira eletrônica, foi conduzido pelos policiais à Delegacia de Polícia onde foi autuado em flagrante pelos crimes cometidos e os corpos das vítimas removidos ao IML (Instituto Médico Legal) onde foram periciados e depois liberados aos familiares para o sepultamento.

Mesmo diante da alta periculosidade do assassino seu nome não foi divulgado em virtude da falta de interpretação correta da Lei de Abuso de Autoridade pela polícia, e que em razão disso prefere botar o interesse individual do bandido acima do interesse público. Em virtude disso, coloca em risco a vida do cidadão.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *