Cachorros morrem após serem atacado por abelhas em Guarapari

Os cachorros que morreram após serem atacado por abelhas em Guarapari, no Espírito Santo, provavelmente tiveram um choque anafilático. A explicação é da presidente do Conselho Regional de Medicina Veterinária do Espírito Santo (CRMV), Virgínia Hemerich.

O caso aconteceu na tarde de quarta-feira (22) e foi registrado por câmeras de videomonitoramento da casa. Dois animais morreram e uma segue internada.

Segundo Virgínia, apenas uma picada já pode causar uma reação forte reação nos animais. Isso pode ter provocado um choque anafilático nos cães, que é uma reação alérgica grave que pode levar a morte.

“Múltiplas picadas podem levar a uma reação generalizada, por causa das toxinas que são liberadas pelas abelhas”, explicou a veterinária.

Caso

A dona dos animais, Thais Pacheco, contou que os quatro cachorros moravam na casa do ex-namorado dela e que ele estava no trabalho momento que os cães foram atacados.

O ataque foi registrado pela câmera de videomonitoramento da casa. As imagens mostram o momento em que os animais começaram a ser picados pelas abelhas e tentaram fugir dos insetos.

O dono do imóvel foi avisado por vizinhos e, quando ele chegou em casa, os cachorros já estavam passando mal. Alguns estavam desmaiados e outros vomitando.

Na tentativa de salvar os animais e levar para tratamento veterinário, um dos cães fugiu pelo portão.

A dona dos cachorros contou que, das que sobreviveram, uma cadela se recuperou e a outra segue internada. A maior, uma cachorra da raça rottweiler, morreu nessa quinta (23) após receber atendimento médico e o cachorro que fugiu quando o dono chegou em casa foi encontrado já morto em uma rua próxima.

O Centro de Controle de Zoonoses de Guarapari disse que foi acionado, foi ao local, mas não achou as abelhas. O órgão recomendou que o dono ligue de novo se elas voltarem.