Criança é achada viva após dois dias dentro de buraco e mãe acaba presa por abandono

O bebê Heitor Gomes de Araújo, de apenas um ano e 11 meses, que estava desaparecido desde o dia 15 de maio, foi encontrado vivo na tarde de terça-feira, 17, depois de passar dois dias em um buraco nas margens da BR-116. Ele foi socorrido ao Hospital Dr. João Borges de Cerqueira, com desidratação e febre.

O caso aconteceu no Município de Santo Estevão, no Centro Norte da Bahia e segundo a polícia, Heitor estava desaparecido desde a noite de domingo, 15, quando a mãe saiu e deixou a criança sozinha. Ainda segundo a polícia, só 24 horas depois foi que a mãe percebeu o sumiço do bebê e acionou a polícia.

A criança foi encontrada por uma mulher que não teve o nome divulgado, que passava pelo local por volta das 13h e ouviu o gemido de uma criança. Ela narrou aos policiais que o garoto estava de braços para cima e gesticulando. O buraco fica a 60 metros da casa onde reside com a mãe. Ele não sofreu ferimentos.

Acredita-se que o bebê tenha acordado e ao sentir falta da mãe saiu a sua procura e acabou caindo dentro do poço. Ele continua internado até ser devidamente hidratado, mas seu estado é estável. A mãe do menino, que não teve o nome não divulgado, foi presa e indiciada por abandono de incapaz.